Mais sono, contra a obesidade

A preguiça na hora de acordar tem explicação. Um estudo feito pela Weill Cornell Medical College, no Qatar, mostrou que perder meia hora de sono por dia pode promover o aumento de peso e efeitos adversos no controle de açúcar no sangue.

Foram recrutados 522 pacientes diagnosticados com diabetes tipo 2 e se calculou a redução do tempo de sono de cada um semanalmente. Em paralelo registraram-se peso, altura, medida da circunferência da cintura, bem como foram analisadas as amostras de sangue para checar a sensibilidade à insulina. Os que tiveram maior restrição de sono estavam 72% mais suscetíveis à obesidade.

A partir do sexto mês de estudo, o débito de sono foi associado à obesidade e à resistência à insulina. Após 12 meses, para cada 30 minutos tirados ao dia, o risco aumentou 17% e 39%, respectivamente. O endocrinologista Pedro Assed, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) diz que a pessoa que dorme pouco encontra-se sob influência de estresse físico e psicológico fazendo com que hormônios que estimulam o apetite e o ganho de peso circulem em maiores níveis no sangue.

Fonte: Revista Viva Saúde

EXAMES LABORATORIAIS NO GRANDE ABC. 
INSTITUTO DE BIOMEDICINA DO ABC
www.ibabc.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s