Menopausa masculina, existe? Entenda o que os médicos dizem.

Homem - andropausa

Com o avanço da idade, as taxas hormonais do corpo diminuem naturalmente e, nas mulheres, causam a menopausa. Mas, segundo especialistas e os próprios homens, o sexo masculino também passa pelas mesmas quedas hormonais na meia-idade, que apresentam sintomas parecidos como falta de energia, dificuldade de concentração, irritabilidade e impotência sexual. E, assim como as mulheres, muitos fazem reposição hormonal quando indicado pelo médico. Segundo pesquisa americana, cerca de um em cada cinco homens pode melhorar a situação equilibrando os níveis de testosterona com tratamentos adequados.

Chamada de Terapia de Reposição Hormonal, a indicação dobrou entre os homens na última década e somam mais de 300 mil ao ano somente na Inglaterra, conforme informou o site inglês Daily Mail.

Mas, apesar dos números, a existência ou não da “menopausa masculina” é tema de debate acirrado entre médicos e pesquisadores. De um lado, há aqueles que digam que a ideia de repor testosterona foi imposta pelo mercado farmacêutico norte-americano que, só no último ano, lucrou 2,5 bilhões de libras (aproximadamente R$ 12,2 bilhões) só nos Estados Unidos. As empresas invistem em propagandas pesadas, mas não há pesquisas que comprovem a eficiência do tratamento, muito menos que surtirá efeito a quase todos os homens.

EXAMES LABORATORIAIS NO GRANDE ABC, COM PRECISÃO E RAPIDEZ.
ACESSE http://www.ibabc.com.br

De outro lado, há médicos que dizem que os sintomas dessa possível menopausa nada mais são do que sinais do processo normal de envelhecimento de pessoas que não se cuidaram ao longo da vida. O professor Fred Wu, da Andrology Research Unit de Manchester, explica que com cuidados pontuais os níveis de hormônio se estabililizam facilmente, como é observado nos casos em que os pacientes obesos emagrecem, a diabetes é controlada, a depressão é tratada e as bebidas alcóolicas são suspensas. “Na maioria dos casos, a queda de testosterona  é causada pelas mudanças físicas, mentais e de estilo de vida provocadas pela idade”, explica.

Outra discussão é sobre os níveis ideiais de testosterona que o corpo deve ter. Segundo especialistas, eles variam ao longo do dia e de pessoa para pessoa, por isso é uma tarefa “quase impossível” determinar qual a taxa exata um homem deve ter para então saber qual a quantidade precisaria repor. Apenas aqueles com problemas de produção hormonal realmente sérios precisam de tratamento e esse número é de dois para 100 homens.

Por isso, mudar os hábitos de vida, segundo os ingleses, é a melhor maneira de garantir a libido em alta. Como? Tendo o peso ideal, alimentação balanceada, fazer exercício, controlar a diabetes, dormir bem e realizar check-ups regularmente.

Fonte: Terra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s